Ir direto para menu de acessibilidade.
Portal do Governo Brasileiro
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Histórico

   A 11ª Região Militar (11ª RM) foi criada pelo Dec Lei no 48.138, de 25 de abril de 1960, e de conformidade com o Art 3, do Dec Lei no 41.186, de 20 de março de 1957, abrangendo os territórios do novo Distrito Federal, do Estado de Goiás e o Triângulo Mineiro. Foi criado também, na mesma data, o Comando Militar de Brasília com jurisdição sobre as unidades militares do Exército situadas na mesma área de abrangência do território regional. O Comando da 11ª Região Militar era exercido, acumulativamente, com o Comando Militar de Brasília, por um General-de-Brigada.

 

Plano Piloto

                                                                                 Brasília - Plano Piloto / DF

 

     O Decreto-Lei nº 60.881, de 21 de junho de 1967, extinguiu o Comando Militar de Brasília, passando a 11ª RM a subordinar-se diretamente ao então I Exército, hoje Comando Militar do Leste (CML).
    Em 26 de fevereiro de 1969, por intermédio do Decreto-Lei nº 64.138, foi criado o atual Comando Militar do Planalto (CMP), com sede em Brasília, o qual passou a ser designado Comando Militar do Planalto e 11ª Região Militar (CMP/11ª RM). Finalmente, por Decreto-Lei, de 23 de março de 1994, a 11ª Região Militar tornou-se novamente autônoma, por desmembramento do Comando Militar do Planalto, permanecendo assim até os dias atuais.
    A missão principal da 11ª Região Militar é prestar o apoio logístico, administrativo e territorial às mais de 40 (quarenta) Organizações Militares do Exército sediadas nos Estados de Goiás e Tocantins, no Distrito Federal, e na região do Triângulo Mineiro.
    Para cumprir sua missão, o Comando da 11ª Região Militar, sediado na Avenida do Exército, S/Nº, Setor Militar Urbano (SMU), em Brasília, conta com as seguinte Organizações Militares Diretamente Subordinadas (OMDS):

 
Organização Militar Sede
 11º Depósito de Suprimento  Brasília-DF
 Hospital Militar de Área de Brasília
 Prefeitura Militar de Brasília
 Comissão Regional de Obras da 11ª Região Militar
 7ª Circunscrição de Serviço Militar  Goiânia-GO

 

     Estão ainda subordinados ao Comando da 11ª Regiao Militar os Tiros-de-Guerra (TG) localizados na área regional, a saber:

 

Tiro de Guerra Sede Tiro de Guerra Sede
11-001 Anápolis-GO 11-007 Porangatu-GO
11-002 Ituiutaba-MG 11-008 Miracema do Tocantins-TO
11-003 Uberaba-MG 11-009 Frutal-MG
11-004 Pedro Afonso-TO 11-011 Araguaína-TO
11-005 Porto Nacional-TO 11-012 Iporá-GO
11-006 Rio Verde-GO - -

 

Denominação Histórica

 

     O advento da república no final do século XIX fez ressurgir um projeto que datava de 1808, o da transferência da capital do Brasil do litoral para o interior, na região das nascentes dos grandes rios que se irradiam do Planalto Central.
    Para cumprir a missão de demarcar a área onde seria instalada a nova capital foi criada, em 1892, a Comissão Exploradora do Planalto Central do Brasil, posteriormente conhecida como Missão Cruls, em homenagem ao TC Luiz Cruls, militar, cientista e astrônomo que a chefiava. A Missão Cruls deslocou-se de trem do Rio de Janeiro até o final da linha férrea, em Uberaba/MG.
    Daquela cidade, montados em muares, os membros da Comissão percorreram milhares de quilômetros, levantando aspectos georográficos, topográficos, hidrográficos, botânicos e geológicos, executando um trabalho soberbo com o objetivo de viabilizar a construção da nova capital do País.
      O levantamento efetuado naquela época delimitou uma área cerca de três vezes maior que o quadrilátero que ora delimita o Distrito Federal (DF).

Comissão CrulzComissão Crulz

 

Concessão da Denominação Histórica e Estandarte Histórico


     Por ocasião do 40º aniversário de criação da 11ª Região Militar, em 25 de Abril de 2000, esta significativa data foi escolhida para comemorarmos, também, o acolhimento, pelo Comando do Exército, da nossa proposta de conceder à 11ª Região Militar a Denominação Histórica de "Tenente-Coronel Luis Crulz" e o respectivo Estandarte Histórico.

 

 

registrado em: ,
Fim do conteúdo da página